SBK

Sociedade Brasileira de Kinguios

A recém fundada Sociedade Brasileira de Kinguios é uma sociedade dedicada a  todos os entusiastas de kinguios no Brasil. É um porto seguro de informações  que tem como meta auxiliar hobbystas de todos os níveis que buscam não  apenas por estudos e artigos, mas por uma comunidade onde possam interagir, aprender e contribuir com suas experiências.

Nossos objetivos

- Definir as características e padrões das variedades de Kinguios;

- Padronizar o sistema de GRADE para kinguios de linguagem;

- Promover a criação responsável de kinguios;

- Melhorar a imagem e a qualidade dos kinguios no Brasil;

- Contribuir com a divulgação de estudos e artigos;

- Criar fóruns de discussões sobre diversos tópicos relacionados;

- Promover cursos e palestras sobre kinguios;

- Aproximar os hobbystas, fazer novos amigos e ampliar o quadro de membros;

- Promover shows e competições de kinguios no Brasil.

foto Mário Barros

Ryukins

DIRETORIA 2021 - 2023

PRESIDENTE

Denis Cetera

Natural de Macapá - AP. Fanático, vidrado e apaixonado por todas as espécies da aquariofilia, principalmente kinguios e cascudos, respiro aquarismo vinte e quatro horas por mais de trinta  anos. Que venham mais trinta.

VICE PRESIDENTE

Mário Barros

Natural de Recife PE.  Minha paixão pelo aquarismo surgiu cedo e tive meu primeiro aquário já no final da década de 80. Curioso, sempre tive interesse em aprender diferentes técnicas para manter os mais variados tipos de peixes, plantas e invertebrados. Há anos me dedico exclusivamente aos kinguios. Sou presidente de honra da SBK e também sou parte da nova diretoria da Goldfish Society of Great Britan, uma associação com quase 70 anos de existência dedicada a kinguios. Possuo um canal no YouTube chamado FatGoldfish com o objetivo de fortalecer o hobby e a imagem desses peixes fantásticos.

SECRETÁRIO

Sérgio Monteiro

Natural da Cidade do Porto em Portugal. Electromecânico, Pai, Marido, Bonsaista, Aquarista e um eterno aprendiz. Desde sempre um apaixonado pela cultura Japonesa, cedo comecei com bonsai, mais tarde e para complementar um espaço de lazer e descanso com esse tema acabei montando meu primeiro lago com carpas nishikigoi e foi então que a paixão por estas maravilhosas criaturas se instalou até hoje. Elas trouxeram consigo a curiosidade e o deslumbre pelo mundo aquático e nomeadamente por Kinguios. 

COORDENAÇÃO 

SOLANGE NALENVAJKO 

 Natural de Curitiba-PR, posso me chamar de aquarista somente a partir de 2010, época em que realmente comecei a estudar sobre o peixe que tinha (entrei no aquarismo pelas nadadeiras de um kinguio) e planejar o que considero meu primeiro aquário de verdade: 160 litros para abrigar dois kinguios. A paixão por eles - mantidos em aquários de baixa manutenção e com plantas naturais - perdura até hoje e já me trouxe muito em aprendizado, conhecimento e amigos.
 Sou formada em Administração de Empresas pela FAE e ocupo a posição de Rainha do Lar, convivendo com a nobreza, estudando temas referentes ao aquarismo e escrevendo artigos sobre este assunto.

REGIS WESNEY

Natural de São Paulo. 42 anos ,criador  aproximadamente a 15 anos, entusiasta da história deste peixe fantástico e engajado na consolidação da espécie

AZIZ MILITãO

Natural de Porto Velho Rondonia e hoje residente no Rio Grande do Norte, Biólogo apaixonado pela natureza em todas as suas formas, iniciei minha paixão pelo aquaríssimos aos oito anos de idades a quase 20 anos atrás quando recebi de presente de meu pai um aquário minúsculo com pelo menos 10 kinguios dentro obviamente naquela época sem conhecimento algum sobre como manter um sistema o desastre estava garantido, com o falecimento dos meus peixes logo fiquei curioso para entender o que havia feito de errado e dai por diante os estudos se iniciaram de forma intensa, durante todos esses anos tive a oportunidade de criar de jumbo a amazônicos, de camarões a carpas mais sem nunca abandonar a paixão pelos Kinguios atualmente crio e estudo as condições de criação de Ranchu nas condições do nordeste brasileiro, hoje é com muito orgulho que venho preencher este espaço na SBK com o intuito de agregar conhecimento técnico ao melhor hobby do mundo a aquariofilia.

FERNANDA AKIKO

Cordenadora de mideas sociais

Paranaense nascida no Japão,  foi lá que minha paixão por Kinguios começou. Atualmente estou me dedicando aos Ryukins e espero que daqui a alguns anos essa variedade seja de fácil acesso aos hobbystas. Tenho cerca de setenta Kinguios, então talvez eu seja uma espécie de “colecionadora”. Todos tratados com o maior cuidado possível, já não sei mais viver fora desse fantástico e maravilhoso hobby. Os kinguios me ensinaram que para se alcançar o sucesso é preciso amor, dedicação, estudo e principalmente paciência.

ROSANA FERREIRA

Natural de Rio Claro-SP, bióloga de formação, artista amadora, aquarista desde a adolescência, dedicando-se aos kinguios desde 1999.

BRUNO RICCI

Me chamo Bruno Ricci, sou de Curitiba-Pr, 26 anos. Minha história no aquarismo começou a mais de 2 anos quando ganhei um aquário de 2L com 3 paulistinhas e não conhecida nada no assunto! Durante esses dois anos pude aprender, e sigo aprendendo, muito sobre o assunto. Sempre tive um aquário exclusivo de Kinguios, enquanto me aventurava em outras faunas, como ciclídeos africanos, amazônicos e também no aquapaisagismo! Hoje tenho apenas Aquarios de kinguios e sigo me aprofundando cada vez mais nessa espécie! Juntamente com mais 3 amigos, começamos o CPK - Club Paranaense de Kinguios, onde pretendemos levar mais longe informações e conhecimento sobre a cultura dos kinguios! Estudante de Aquicultura - Produção comercial de peixes ornamentais (UFRN), já possuo um pequeno sistema para criação, que pretendo usar para focar na genética de Kingios de alto padrão!

ANGELA ALBUQUERQUE

Natural de Caruaru/PE. Hoje moro em Recife/PE. Minha primeira formação foi em Letras, seguindo por Administração e por aí vai, mas desde os 18 anos de idade trabalho por pura vocação no setor financeiro e análise de dados. Consegui transitar e viver nesse meio da leitura e análise matemática de uma forma deliciosa. Acredito que o fato de gostar de leitura me abriu portas que eu nem sabia que existia. Tenho 46 anos (1975) e desde os cinco anos tenho animais de estimação, todos com a devida responsabilidade de cuidar, tratar, limpar, alimentar etc. Amo a natureza e tenho como hobby até hoje em várias instâncias. Minha trajetória com o aquarismo começou com uns nove ou dez anos, ganhei um livro junto com os peixinhos (espada). Um livro de aquariofilia que eu lia e relia, via espécies as quais eu desejei muito na época, mas fora de cogitação, pois não havia informação suficiente ou venda na minha localidade. Com treze anos meu irmão resolveu ter um tanque de 250l como um aquário comunitário. Tudo isso foi aguçando minhas “curiosidades” e ficava querendo resolver o eu que descobria no sentido de biologia, plantas, espécies, filtragem, etc. Logo descobri que minha paixão era o aquário tipo display, aquele que eu podia ficar horas a fio observando. Meu Lazer! Certo dia, 1992 passo na frente de uma loja com um aquário de 160l mais ou menos com aqueles “gordos” lindos dourados com nadadeiras marrons enormes (fantails), móvel, iluminação, um conjunto de uma beleza que me apaixonou. Com os gorduchos me encontrei, e essa paixão vai até hoje, tenho fantails e orandas. Posso dizer que sou AQUARISTA, HOBISTA E CURIOSA.

CARLOS JOSE

Meu nome e Carlos José tenho 48 anos sou de rio verde Goiás. Minha historia com aquarismo comecou a uns 30 anos. Devido a forças maiores tive que deixar o hobby. Depois de casado minha esposa comprou um aquário para nossos filhos. Ela se arrepende disto até hoje...kkk Ja mantive várias espécies e hoje me dedico apenas aos K inguios.

DIEGO MARCONDES

Tenho 34 anos de idade,  minha profissão é policial militar no Estado do Paraná, formado em administração pela FAE, em Curitiba, onde nasci e resido até hoje e pós graduado em Direito Militar. Tenho  aquário  na minha casa desde criança,  mas comecei a me dedicar ao hobby com aproximadamente 26 anos de idade. Em 2019 decidi criar kinguios. Hoje estou no processo de criação do CPK - Clube Paranaense de Kinguios juntamente com mais 3 amigos na administração,  cursando pela UFRN o curso de Aquicultor: produção comercial de peixes ornamentais,  que teve início no mês de abril de 2021. Estou projetando um sistema urbano de criação de peixes ornamentais em caixas d'água para num futuro  próximo trabalhar na minha  própria criação para comercialização de kinguios  de raça (alto padrão). Sou também o administrador da página @goldfishhobby no Instagram e do canal do You Tube Goldfish Hobby.  Sou um eterno aprendiz, não  sei de todas as coisas, acredito que ainda preciso aprender  muito para ser sincero, porém tenho cada dia mais a vontade de ir atrás do conhecimento necessário para poder além de ser um bom criador, poder ajudar as pessoas que compartilham dessa mesma paixão!!! Cada experiência é  valiosa.

EDUARDO HIRAISHI

Nascido e criado em Araçatuba-SP. Desde que me entendo por gente crio peixes... rs. Comecei acho que tinha uns 5,6 anos. Me lembro que tinha um ofurô de cimento que era dos meus bisavós maternos e logo depois uma caixa d’agua de amianto de 100 lts (a qual tenho até hj). Tinha neles  os lebistes selvagens que meu pai pegava. Depois de um tempo meu pai me levou na loja de aquário de um primo dele e lá eu peguei um telescópio black e minha irmã um vermelho comum. Lembro da minha Batian (avó) contando que qdo era criança ela havia ganho 3 kinguios que criava em um “buraco no chão” como dizia ela. Voltava todo dia da roça a tarde com minhocas para eles, até que um dia... eles sumiram... e daí acho q de certa forma isso me marcou e virei um admirador dos kinguios. Desde então sempre criei várias espécies de peixes, mas os gordinhos nunca faltaram no aquário. Mas para falar a verdade, criar eles corretamente acho q faz uns 2 ou 3 anos.

RAPHAEL VIDOTO

Paulistano, porém morador da praia de Pipa RN, sou aquarista desde uns 7 anos de idade, ja tive aquários de varios biótopos e espécies ao longo da vida.

Após uns dez anos longe do hobby, montei um tanque com kinguios variados os quais viraram minha paixão no hobby. Hoje tenho uma coleção e também me dedico a reprodução e aprimoramento da variedade ryukin no Brasil.

RODRIGO BOGDAN

Sou conhecido como Rodrigão, tenho 36 anos de idade, sou empreendedor do ramo Pet, tosador, adestrador e consultor comportamental de cães, nascido em São Paulo Capital onde vivo.

Apaixonado por aquarismo e Kinguios fundador e administrador do Club dos Kinguios, um Club para iniciantes e entusiastas com a missão de orientar e levar as pessoas a ter a melhor experiência possível com seus animais. Tenho o grande prazer de compor junto a equipe da SBK em pró a a este maravilhoso Hobby.

YGOR MACHADO

Me chamo Ygor Machado, tenho 22 anos de idade e moro em Jacareí-SP. Sempre gostei muito de aquário, quando tinha cerca de 10 anos de idade tive um aquário de 50 litros aproximadamente onde abarrotei de peixes de várias espécies 🥲 Está brincadeira não deu muito certo como vocês podem imaginar! Entre esses peixes me lembro de um Fantail que tive neste aquário e sempre foi o meu favorito, se chamava Tomate. Fiquei anos e anos sem aquário, porém senti muita falta e aproveitei que estava me mudando para apartamento pensei, e se eu voltar a ter peixes?Como a internet hoje em dia facilita tudo, fui pesquisar sobre e aprender mais ! Continuo aprendendo a cada dia e sempre sigo um dilema na minha vida que é: o verdadeiro sábio é um eterno aprendiz. Hoje tenho 2 aquários apenas com kinguios e a minha variedade favorita são os cabeça de leão.