Variedades e

Fichas Técnicas

Séculos de metódica seleção artificial produziram centenas de variedades de kinguios, cada uma com suas particularidades próprias. 

Mário Barros

VARIEDADE

São todas as diferentes “raças” de kinguio.

Obedecem a diversos parâmetros pré-estabelecidos para classificar as diferentes variáveis dentro da espécie Carassius auratus que são reconhecidas oficialmente por organizações nacionais ou internacionais que regulamentam o hobby. Representam um grupo de Kinguios que possuem um padrão morfológico próprio e a capacidade de passá-lo adiante quando cruzados com exemplares da mesma variedade.

Fichas Técnicas 

clique aqui

SPORT

O fato de existir centenas de variedades de kinguios e elas serem intercruzantes culmina em um erro comum de muitos aquaristas inexperientes, que é fazer reprodução entre kinguios de variedades diferentes. O resultado desse cruzamento vai produzir peixes mestiços sem um padrão correto para os Standards da variedade ao qual seus pais pertencem, esses mestiços são chamados de SPORT entre os criadores de kinguios e possuem baixo valor comercial. Infelizmente pelo fato de serem vendidos por um valor muito baixo acabam por se tornar alimento vivo para peixes predadores. Exemplos de Sport, kinguios sem variedade reconhecida, ou um Ryukin com nadadeira caudal de Kinguio Véu. Embora sejam peixes lindos e exóticos peixes Sport possuem características próprias e essas características serão difíceis de aparecer em seus filhotes.

Foto: Marcus Paulussi

Foto: Marcus Paulussi

Nessas duas fotos podemos observar dois exemplos distintos de kinguios SPORT: um é um kinguio Telescópio com corpo totalmente fora do esperado, alongado  (foto à esquerda) e o outro um Telescópio com desenvolvimento de wen tipo cap. Ambos são peixes muito bonitos porém não fazem parte de uma variedade reconhecida pela SBK.

EXPERIMENTAL

Muitas vezes esses peixes Sport acabam por cair no gosto popular, ou seja, essa reprodução “acidental” entre diferentes variedades de kinguio pode produzir peixes com novos e excitantes formatos que irão conquistar o desejo dos aquaristas e a curiosidade do criador. O fato do peixe Sport ter um formato interessante e inovador não significa necessariamente que aquele criador terá um número suficiente de indivíduos com aquele mesmo formato pois nesses cruzamentos aleatórios o que existe é uma complicada loteria genética, ou seja, é necessário variabilidade genética para tentar desenvolver uma nova linhagem ou mesmo uma variedade. Sendo assim é necessário um grande grupo de peixes sendo reproduzidos com as características almejadas e dessa reprodução aqueles descendentes com as características certas serão selecionados para se reproduzir com outro grupo fruto de outra reprodução com as mesmas características. Assim, ano após ano, década após década, certas características passarão a ser comuns o suficiente em um grupo kinguios para que aquele grupo possa pleitear o título de variedade.

Foto: GSGB

O kinguio Imperial é um exemplo de variedade experimental que está sendo desenvolvida pela GSGB (Sociedade de Kinguios da Grã Bretanha) a partir de cruzamentos entre Bristol Shubunkins com Kinguios Véu de nadadeira caudal simples. Mesmo após décadas de seleção ainda hoje a variedade é considerada experimental e é uma das mais raras do mundo. (Fonte GSGB)

VARIEDADE CASUAL

Muitas vezes cruzamento entre kinguios da mesma variedade pode produzir uma proporção de filhotes com mutações que os diferenciam de seus pais e fazem com que se assemelhem a membros de outra variedade. Ryukins puros, por exemplo, possuem como padrão a nadadeira caudal dupla, porém é provável que uma proporção de filhotes nasça com nadadeira caudal simples. Existe uma variedade de kinguios chamada Tamasaba que possui o mesmo padrão morfológico dos Ryukins, porém com nadadeira caudal simples. Sendo assim esse Ryukin que nasceu com nadadeira caudal simples pode se enquadrar perfeitamente nos padrões da variedade Tamasaba e participar de show como pertencente a essa variedade, porém dificilmente terão a mesma capacidade dos exemplares puros de passar para as próximas gerações as particularidades da variedade ao qual aparenta, assim sendo são considerados nesse caso Tamasaba Casual.

LINHAGEM

As linhagens são a “cereja no topo do bolo” para muitos hobbystas. Imagine um Ranchu: ele possui características bem marcantes como nadadeira caudal dupla, a ausência de nadadeira dorsal e algumas outras. Isso constitui o formato básico para os Standards dessa variedade. Porém, anos de meticulosa seleção produziram alguns grupos dentro de uma variedade com características próprias que os destacam entre os outros. Essas particularidades podem ser uma coloração única como no caso dos Ranchus Negros, ou morfológicos como no formato do wen (Cabeça de Leão, Cabeça de Tigre, etc). Ou seja, sem perder esses formatos básicos (Standards) atribuídos a aquela variedade, novos e interessantes traços são adicionados para criar grupos específicos com outras peculiaridades.

Uma linhagem que foi oficializada recentemente como VARIEDADE (2006) pela Sociedade de Kinguio da Tailândia é o Lionchu, um Ranchu com o desenho do wen no formato “Cabeça de Leão”. Embora o lionchu tenha sido reconhecido como variedade na Tailândia outras sociedades mundo afora assim com a SBK incluem o Lionchu apenas como uma linhagem dentro da variedade Ranchu.

IMG_6538.JPG

Fichas Técnicas

Todas as variedades de kinguio possuem um conjunto particular de características que irão distingui-la de todas as demais. As fichas descritas nessa parte estão sujeitas a revisão técnica em certos aspectos, assim como algumas variedades ainda estão com sua ficha em construção. O material desenvolvido pela SBK foi baseado nas fichas da GSGB Sociedade Britânica de Kinguios (Goldfish Society of Great Britan) e os desenhos técnicos feitos pela artista e membro fundador da SBK Rosana Ferreira.

Grupo 1 Nadadeira caudal simples

Kinguio Comum

Kinguio Cometa

London Shubunkin

IMG_6562.JPG
IMG_8137.JPG
IMG_6505.JPG

Cometa Shubunkin

Bristol Shubunkin

20200824_160711_edited.jpg
IMG_6494.JPG

Tamasaba

IMG_8885.JPG

YANAGI DEMEKIN  

Grupo 2 Nadadeira caudal dupla

Ryukin

IMG_1246.JPG

Oranda

IMG_8729.JPG

Wakin

IMG_8278.JPG

Kinguio Véu

IMG_6477.JPG

Fantail

IMG_2954.JPG

Oranda Red Cap

IMG_7889.JPG

Pérola

IMG_6538.JPG

           Black Moor

black%201_edited.jpg

Jikin

IMG_9226.JPG

Oranda Cap

IMG_7720.JPG

    Telescópio / Demekin

demekinc%20alto_edited.jpg

Tosakin

IMG_6484.JPG

Pompom Japonês

FT do Pompom Japonês está junta a do Pompom Chinês em Grupo 3

Grupo 3 Ausência de nadadeira dorsal

Ranchu

IMG_6476.JPG

Pompom Chinês

Pompon.jpg

Nankin

IMG_8225.JPG

Cabeça de Leão

IMG_8209.JPG

Bolha

IMG_6444.JPG

Shukin

Egg Fish

IMG_7976.JPG

Celestial

IMG_8219.JPG

Foto: Mário Barros